Dois dias

A minha desordem me irrita e, de um jeito debochado, quase sempre me vence. Não conto com a ajuda de agenda e acho as chaves no último minuto. Anoto tudo mentalmente e deixo a ginástica pra trás. Quase sempre preguiça, cansaço, a semana foi cheia, exceto por uma rotina infalível que é: fecho a pálpebra devagar, como nos filmes, pra poder te ver melhor. Você aparece, mas primeiro surgem os dentes bem alinhados, que formam aquele sorriso que não sai do seu rosto, que roubam meu tempo, que roubam meu eixo, que me mandam pra um plano onde não há esse barulho de fim de festa. Eu sigo no corredor e paro no último quarto, penso em me esconder debaixo do lençol, só que mudo de ideia. Eu sempre mudo de ideia e é justamente esse o meu maior espanto nos últimos dias, já que pareço, agora, não querer mais outra coisa. Eu, que pensava ser aprendiz do efêmero, me encanto com o etéreo e me iludo com o eterno. Decido continuar sob o algodão leve até que você me descubra. Até que eu me revele nua, exposta, talvez constrangida, livre, mesmo estando presa em menos de dois confortáveis metros quadrados. O despertador cada dia me deixa mais ranzinza, acordo sem café, nem queijo e de pronto me esforço para organizar tudo na cabeça, “descontar o cheque, fazer a matrícula, comprar o gás”. Sigo recapitulando que hoje já é quinta-feira, 26, e que o sábado não ajuda e vem lento, engatinhando —  amoleço, esmoreço, já conto os dias pra encarar seus olhos e te nomeio regente do meu calendário. Acho graça, muita graça porque você, sem saber como, coloca ordem no meu tempo.

Anúncios
Esse post foi publicado em As circunstâncias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s